Um retireiro de 49 anos é procurado pela polícia após ter matado sua companheira com um tiro no rosto, em Cabo Verde. O assassino não teria aceitado que a mulher se separasse dele e voltasse para sua cidade natal, no Norte de Minas.

De acordo com a Polícia Militar, familiares do casal encontraram o corpo na manhã da última terça-feira (11), na casa onde os dois moravam, na Fazenda Santo Antônio, zona rural de Cabo Verde. Quando os militares chegaram, parentes do suspeito informaram que na noite anterior estiveram na residência por volta de 22h, após um telefonema do retireiro informando que iria se matar. Ele estaria extremamente agitado e agressivo, porém os familiares disseram que, como o casal se desentendia muito, não deram importância e foram embora, sem acionar a Polícia Militar.

Mas, quando retornaram na manhã de terça-feira, encontraram o corpo da vítima e acionaram o serviço de emergência policial. O corpo estava caído em um dos quartos da casa, com um ferimento no rosto. A arma do crime, uma espingarda cartucheira calibre 32, foi localizada ao lado da porta do quarto.

O motivo do crime, ainda segundo os familiares, seria o fato de a vítima ter pedido demissão do trabalho com a intenção de se separar e voltar para a terra natal.

Segundo a PM, foi realizado intenso rastreamento durante todo o dia, porém sem êxito na localização do suspeito. A perícia realizou o trabalho de praxe e o corpo foi liberado para o Instituto Médico Legal.

O post Homem mata companheira com um tiro no rosto apareceu primeiro em Poços Já Cidade.