Criado pela Instrução Normativa n° 124/1998, no contexto “exportar é o que importa”, a Secretaria da Receita Federal instituiu o Recinto Especial para Despacho Aduaneiro de Exportação (Redex). Em Poços de Caldas, o Redex foi inaugurado em julho, no Distrito Industrial, sendo uma importante ferramenta de avanço para as exportações na região.Resultado de imagem para redex poços

Com apenas três meses de funcionamento, foram exportados U$ 2,473 milhões em grãos e minérios.

O auditor-fiscal Daniel Coelho explica a importância de Poços de Caldas no cenário de exportações: “Os dados sobre exportações na jurisdição da Delegacia de Poços de Caldas são sempre impressionantes em números de cargas e valores. Temos uma variedade imensa de produtos primários, ampla diversidade de commodities e uma gama de sólidas empresas que movimentam exportações em volumes significativos. A Nossa Delegacia é fundamental na atuação deste valioso processo de exportação, devendo ampliar sua estrutura de atendimento para manter e solidificar esta Unidade da Receita Federal e seu capacitado corpo de servidores”.

O Redex foi criado para facilitar o controle de liberação das cargas para o comércio exterior com diversas vantagens para os exportadores, principalmente a agilidade no desembaraço aduaneiro, porque reduz o tempo de espera nos portos. Além disso, o Recinto em Poços de Caldas gera empregos diretos e indiretos.

A Receita Federal também informa que o Redex em Poços de Caldas pode ser utilizado por quaisquer empresas que queiram exportar, independentemente de suas localizações. A intenção é aumentar o fluxo de exportação ainda mais no próximo ano.

O post Recinto de Exportação da Receita Federal exporta 2,4 milhões de dólares em 3 meses apareceu primeiro em Poços Já Cidade.