Um motorista de Uber foi agredido por dois homens, na madrugada de domingo (5). A vítima precisou ser encaminhada para o pronto socorro. Os suspeitos foram presos e encaminhados à delegacia.

Vítima tinha ferimentos principalmente no rosto (fotos: redes sociais)

Segundo o registro da Polícia Militar, a vítima trabalhava quando aceitou uma corrida partindo da avenida Alcoa até a avenida Padre Francis Cletus Cox, para um passageiro de 29 anos. Ao chegar no destino, o motorista estacionou e informou o valor a ser pago.

Além de se negar a pagar, o passageiro iniciou uma discussão e com a ajuda de um amigo agrediu a vítima com chutes e murros. Com o motorista ferido, a dupla correu para dentro de um apartamento, em um prédio onde estava hospedada.

Caso aconteceu na Zona Oeste

Já dentro do apartamento, um dos agressores teria arremessado pela janela uma nota de R$ 50, para pagar o serviço. A Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionados. Enquanto o motorista era socorrido, os militares fizeram contato com os suspeitos. Um deles negou que estivesse no carro, alegando que apenas foi até a calçada para separar a briga, quando teria segurado o motorista pelo pescoço.

O segundo envolvido alegou que em momento nenhum se negou a pagar a corrida, disse que tentou usar seu cartão, mas este teria sido recusado, motivo que jogou R$ 50 pela janela. Ele nega ter agredido a vítima.

Os dois homens foram conduzidos à delegacia. Já o motorista foi socorrido pelo Samu com ferimentos pelo rosto.

O post Motorista de aplicativo é espancado por cliente apareceu primeiro em Poços Já Cidade.