Prisão aconteceu em Pouso Alegre (fotos: Polícia Civil)

A Polícia Civil de Poços de Caldas prendeu, na quarta-feira (17), dois estelionatários que agiam no Sul de Minas. Eles estavam emitindo cheques clonados na compra de bens.

Cheques e documentos foram apreendidos

A prisão de José Adilson Venâncio e Eudes da Silva Henrique aconteceu em Pouso Alegre, após a polícia ter descoberto que eles teriam aplicado um golpe no valor de R$7,2 mil ao comprar 500 quilos de queijos com cheques clonados.

A polícia tinha informações que a entrega da mercadoria seria realizada no Posto Balança, em Pouso Alegre, e se posicionou e quando a dupla apareceu foi realizada a prisão. Com os criminosos foram arrecadadas folhas de cheques e documentos, todos falsificados.

Além da negociação dos queijos as investigações apontaram que os autores já tinham cometido o crime em outras oportunidades. Os investigadores ainda apreenderam na casa de José Adilson folhas de cheque em branco e preenchidos em nome de outras pessoas.

A polícia identificou ainda um terceiro suspeito, que não foi localizado. Os trabalhos foram realizados investigadores Gregório, Joel, Milan e Fillipe, além da delegada Julianne. Houve apoio do investigador Daniel, da equipe de Pouso Alegre e da equipe de plantão da delegacia regional de Poços.

 

O post Estelionatários que agiam no Sul de Minas são presos apareceu primeiro em Poços Já Cidade.