O Poços Já Cidade foi procurado, neste sábado (9), pela empresária e ex-sócia de uma empresa de consultoria citada em reportagem publicada na sexta-feira (8). Segundo ela, que preferiu não se identificar, as informações estão incorretas.

A reportagem utilizou dados de boletim de ocorrência no qual a suposta vítima dizia que havia sido enganada ao comprar parte de uma empresa de consultoria que não existiria, além de perder clientes para a ex-sócia. A acusação ainda é de que ela teria abandonado a sociedade com dívidas, bloqueado a conta bancária e levado bens materiais, além de ter continuado a usar o nome da empresa para conseguir novos clientes.

A empresária acusada informou, por telefone, que a sociedade foi desfeita há cerca de 15 dias e que a situação é contrária à publicada na reportagem. Ela estaria sendo ameaçada de morte pela mulher após tomar a decisão de deixar o negócio. A conta bancária citada seria pessoal e teria sido bloqueada porque ainda estaria sendo movimentada pela outra, inclusive com utilização no cartão de crédito.

Ela ainda afirma que desde então não usou mais o nome da empresa e que conseguiu fechar novos contratos baseados em contatos pessoais, além de que deixou todas as contas pagas, retirou apenas objetos particulares e que está movendo dois processos na Justiça, para dissolução da sociedade e se defender das ameaças.

O post Empresária esclarece acusação de estelionato apareceu primeiro em Poços Já Cidade.