Um estelionatário de 55 anos foi preso nesta terça-feira, com mais de R$ 1 mil dentro da cueca. As suspeitas sobre o autor foram levantadas pela gerente de um banco e confirmadas pela Polícia Militar.

De acordo com a PM, a gerente de um banco na rua Prefeito Chagas teve conhecimento de que um homem, posteriormente identificado como Pedro da Silva, esteve na agência pela manhã e tentou efetuar saques com o cartão de uma correntista, que havia sido furtado. Como não conseguiu recolher valores, o homem foi embora, mas acabou esquecendo dois celulares. Foi quando retornou para buscar os celulares que o ele acabou preso. Os celulares foram entregues à PM.

Ao ser detido o acusado contou que participa de crimes de estelionato e que estava tentando efetuar saques com o cartão de uma mulher, mas que já o tinha jogado fora.

Ao proceder a revista no homem os militares encontraram em sua carteira R$ 373,35 em dinheiro e mais R$ 1.276,00 escondidos em sua cueca. Também foi apreendido com ele comprovantes de depósitos bancários, jogos de loteria, guias de pagamento de pedágios, tickets de espera para atendimentos bancários, entre outros.

Silva disse que os comprovantes são transações realizadas por ele em diversos locais, e destacou que o comprovante de pagamento de pedágio foi adquirido quando veio de São Paulo, acompanhado por um casal. Ele disse ainda que o casal é comparsa dele no crime e que um estelionato praticado em Alfenas na segunda-feira seria de responsabilidade deles.

Disposto a colaborar o homem ainda contou que era o motorista do bando e que executava os saques. Foi por isso que na última terça-feira ele foi até a agência bancária, com um cartão e a senha fornecidos pelo comparsa, para tentar sacar a maior quantia de valores possível.

Ele explicou que quando as transações davam certo ele depositava a quantia em uma conta particular e que somente ao retornar a São Paulo o valor subtraído seria dividido com o casal.

Silva foi preso e encaminhado à delegacia, juntamente com os celulares deixados na agência e os R$ 1.649,35 encontrados com ele.

O banco se comprometeu a fornecer à Polícia Civil as imagens que registraram o homem dentro da agência, bem como os documentos impressos de tentativa de movimentação feitas pelo autor.

 

O post Estelionatário é preso com dinheiro na cueca apareceu primeiro em Poços Já Cidade.