As chuvas que caíram na noite de quarta-feira (7) abriram duas crateras na rua Ubirajara Machado de Moraes. Os moradores acionaram a prefeitura, que esteve no local, e informou que neste momento há condições apenas de sinalizar e desviar o trânsito.

Área foi isolada pela prefeitura (fotos: Silvana Figueiredo/Poços Já)

Mês passado, no dia sete, o mesmo problema aconteceu por conta do rompimento da tubulação de água, mas em seguida foi feito o reparo. O secretário de Obras, Luis Cortezano, explicou ao Poços Já Cidade que os tubos ármicos, por onde passa a água, são antigos, com aproximadamente 40 anos, e estão deteriorados. Porém, a administração municipal não tem recursos para realizar a substituição.

Crateras correm o risco de aumentar com as novas chuvas

“São aproximadamente 700 metros de tubulação que precisam ser substituídos. Isso custaria cerca de R$ 8 milhões, dinheiro que a prefeitura não conta, em especial por conta da crise financeira e da falta de repasse de recursos por parte do Governo Estadual. Neste momento vamos solicitar recursos federais para a obra, mas não podemos prever se vai sair e quando”, explica o secretário.

As tubulações estão a seis metros de profundidade e há o risco de que as crateras aumentem, devido ao período de chuvas.

O post Chuva volta a abrir crateras e prefeitura não tem previsão para reparo apareceu primeiro em Poços Já Cidade.