Sistemas de vigilância serão implantados em todas as regiões (fotos: divulgação)

A prefeitura lançou, na última sexta-feira (5), o programa de segurança Poços Mais Segura. O projeto irá reunir todos os órgãos de segurança pública que atuam no município.

Entre as ações está a reativação do Gabinete de Gestão Integrada Municipal, que conta com o trabalho integrado dos órgãos de segurança que atuam em Poços de Caldas. “O Poços mais Segura vai reunir Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, Comissariado de Menores, promotores, juízes, conselhos tutelares, enfim, juntaremos nossas forças para que a população volte a ter mais segurança. É um projeto que lançamos agora em 2018 e que será concluído até o final de 2019, com a completa instalação do videomonitoramento em toda a cidade”, explicou o prefeito Sérgio Azevedo.

O delegado da Polícia Civil, Gustavo Mazoli, destacou a importância da cooperação entre as unidades de segurança. “Essa integração é fundamental. A Polícia Civil é parceira e vamos fazer adequações para integrar a equipe que vai fazer parte desse projeto.”

O primeiro passo do programa inclui uma otimização do trabalho da Guarda Municipal, com a aquisição de quatro novas viaturas e quatro motocicletas, além da implantação da patrulha via bicicleta.

Gurda Municipal recebeu novas viaturas e motocicletas

Outra ação é a instalação de totens e luminárias com câmeras em diversos pontos da cidade, através de uma parceria com o DME. Uma delas já está sendo instalada no começo da avenida João Pinheiro, em frente à base da Guarda, recém-instalada na Estação Mogiana/Fepasa, e ajudará a identificar carros roubados e outros tipos de crimes e infrações.

O programa prevê também a criação de três postos avançados, além do central, um em cada região da cidade. O da Zona Sul vai funcionar no Centro João Monteiro, o da Zona Leste no campo do bairro Santa Rosália, e o da Zona Oeste na Rodoviária. “Todos são prédio próprios, sem custo com aluguel, e, assim, devolvemos mais um imóvel alugado, onde funcionava até então a sede da Guarda, num valor mensal de R$ 8 mil. Este valor será investido em melhorias para a própria Guarda Municipal”, ressaltou o prefeito.

Está prevista ainda a realização de mais blitzen e rondas em parceria com a PM para combater o tráfico de drogas. Nas escolas, a ronda vai voltar. “A ronda vai ser com presença dos GMs até a completa instalação do videomonitoramento”, informou o secretário de Defesa Social, Marcus Sansão.

Para aumentar o efetivo da Guarda Municipal, a Prefeitura vai lançar um concurso público para a contração de novos GMs no início do próximo ano. Estão previstas 30 novas vagas. Atualmente, a cidade conta com 80 guardas municipais.

O post POÇOS MAIS SEGURA | Projeto prevê videomonitoramento e concurso para GM apareceu primeiro em Poços Já Cidade.