Cerca de duas casas são furtadas por dia em Poços de Caldas. A média foi feita a partir dos registros de boletim de ocorrência junto à Polícia Militar, que demonstrou que a cidade tem em média 1,7% furtos dias . Até agora já são 457, o que representa uma queda de quase 5% em relação ao mesmo período do ano passado.

O levantamento da PM levou em consideração todos os casos notificados à corporação entre janeiro e 27 setembro. Embora o número assuste, ele é menor que o de 2017, quando foram registrados 481 furtos no mesmo período. A queda é atribuída ao empenho da PM em desencadear diversas operações com o cunho de prevenção.

O bairro Estância São José é o que acumula o maior número de casos, foram 25 registros somente neste ano, um aumento de 66,67%. A área central também tem seus casos acumulados, já são 20, a mesma quantidade do ano passado.

O ranking dos bairros com maior registro de casos tem ainda o bairro São José, com 11; Jardim Quisisana, 10;  Vila Nova e Cascatinha, com 9; Jardim Kennedy I, com 6; Chácara Alvorada e Parque das Nações, com 5 cada.

Na maioria desses bairros ocorreu queda no registro de furtos, no Jardim Kennedy I por exemplo, os furtos caíram 72,73%.

A polícia tem trabalhado de forma efetiva para reduzir drasticamente os casos, prevenindo. Um estudo tenta identificar o período em que há mais casos, se os criminosos se aproveitam da ausência dos moradores, em casos de trabalho e férias, e qual o tipo de objeto mais visado nas ações. Mas, também tem buscado parceria com moradores, notificando vulnerabilidade nos imóveis e dando dicas.

 

O post Poços tem uma média de quase dois furtos residênciais por dia apareceu primeiro em Poços Já Cidade.