A Polícia Militar afirmou que o homem morto em uma troca de tiros quinta-feira (7), na cidade de Pouso Alegre, era membro de uma facção criminosa, estava envolvido nos ataques a ônibus na cidade e ainda era foragido da justiça.

De acordo com a PM, Creonte dos Santos Nogueira, de 29 anos, foi morto em uma troca de tiros no bairro Jardim Olímpico, onde a equipe da Rotam realizava uma operação. Os militares estavam em uma viatura descaracterizada e, ao abordar o suspeito, houve troca de tiros. A vítima foi alvejada e, embora tenha sido socorrida, morreu a caminho do hospital.

De acordo com a PM, os militares estavam indo à casa do suspeito para cumprir um mandado de prisão contra ele. As suspeitas são de que Creonte tenha participado dos ataques a ônibus na cidade em obediência ao Primeiro Comando da Capital (PCC), do qual faria parte, em busca de melhorias no sistema prisional. Ele era ainda foragido do complexo penitenciário Nelson Hungria e tinha passagens por homicídio e tráfico de drogas.