Sérgio Alves Moreira, de 48 anos, foi preso na tarde da última segunda-feira (8), em São Sebastião do Paraíso, acusado de matar o próprio pai, José Alves Moreira, de 77 anos.  A prisão foi feita durante o velório da vítima.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações apontam que Sérgio teria matado o próprio pai espancado no último domingo (6). O rapaz acabou confessando o crime.

Ainda de acordo com a polícia, a informação inicial era de que a vítima tinha sofrido uma queda em casa, mas foi verificado algumas lesões e o corpo foi encaminhado para a necropsia. O laudo apontou que a vítima tinha sido morta por espancamento, com constatação de traumatismo craniano e marcas no coração, causadas por socos.

A polícia passou a investigar o caso como homicídio e foi em buscas da autoria, chegando até o nome de Sérgio. Foi pedido um mandado de prisão para ele, que foi expedido pela justiça, tendo sido cumprido durante o velório, já que o suspeito estava lá quando os policiais saíram em busca dele.

Ao confessar o crime, durante depoimento, o rapaz disse que se desentendeu com o pai e o agrediu, mas não tinha a intenção de matá-lo. Ele foi encaminhado ao presídio.

Sérgio já tinha outras passagens pela polícia, entre elas, uma tentativa de homicídio contra a ex-mulher.